MN

Google Translate
ArabicBlogger Tips And Tricks|Latest Tips For BloggersFree BacklinksBlogger Tips And Tricks Korean Japanese Chinese Simplified Russian Portuguese
English French German Spain Italian Dutch

domingo, 24 de junho de 2012

CIDADANIA - EU AMO SÃO PAULO ,EU LIMPO SÃO PAULO


*SOBRE


Uma convocação para os cidadãos paulistanos assumirem um papel ativo na limpeza da cidade.


O serviço Limpeza Urbana, administrado pelas empresas Inova e Soma, convoca os moradores de São Paulo a fazer parte de um grande movimento para manter a cidade limpa. Eu Limpo São Paulo é uma verdadeira campanha de mobilização cujo objetivo é conscientizar a população da importância de assumirem um papel ativo na limpeza da cidade. A campanha pede que todos evitem deixar a cidade suja e estejam atentos aos serviços prestados por ambas as empresas.


Partindo do fato que São Paulo tem mais de 11 milhões de habitantes e de que todos gostariam de ver a cidade mais limpa, convocamos a própria população a participar desse movimento, imaginando a cidade com mais 11 milhões de “eus”. A ideia é mostrar que, além das duas empresas e das 13 mil pessoas que cuidam diariamente da limpeza da capital, cada cidadão paulistano pode também engajar-se ao não sujar a cidade, ou limpar aquilo que sujou, ressaltando a importância de cada um fazer a sua parte.



*CONHEÇA A CAPANHA


11 milhões de paulistanos estão sendo convocados para uma missão muito nobre e simples: ajudar a manter São Paulo limpa. Esse é o mote da campanha Eu Limpo São Paulo, lançada neste fim de semana e que estreia hoje nas redes sociais, buscando novas maneiras de pensar como nos relacionamos com nossa cidade e que comportamentos já arraigados ao nosso dia a dia podemos mudar para tornar São Paulo uma cidade mais limpa.


A primeira pessoa do plural no parágrafo acima não foi involuntária, mas proposital: quem, senão nós, são os responsáveis por ajudar a manter a limpeza de São Paulo? Mas esse exército de 11 milhões de “eus” não está sozinho nessa. Ao nosso lado, duas empresas de limpeza urbana, mais estrutura, equipamentos de ponta e 13 mil profissionais que querem tornar as ruas da cidade uma referência em limpeza e conservação.


E onde a Eu Limpo São Paulo vai atuar? Em todo canto e esquina de São Paulo. Vamos acompanhar o trabalho dos profissionais que varrem as ruas, removem entulhos e grandes objetos, instalam e cuidam da manutenção das lixeiras da cidade, fazem a gestão dos Ecopontos e ainda conservam nossos monumentos. Tudo isso vai ser compartilhado e dividido com nossos ajudantes nas redes sociais: uma fanpage de Facebook e um perfil de Twitter oficiais foram criados para disseminar todas as novidades da campanha.


Parece muito trabalho e realmente é. Mora aí a missão da Eu Limpo São Paulo: transformar cada um dos paulistanos em agentes auxiliadores da transformação dessa realidade. Com um pouco de educação e muito do amor que nós temos por São Paulo, já não fica tão difícil, né?



 *CONHEÇA OS PROFISSIONAIS QUE MANTÊM SÃO PAULO LIMPA

O exército de 13 mil profissionais que leva para as ruas a proposta da campanha Eu Limpo São Paulo não é uma massa homogênea de profissionais, mas sim trabalhadores de categorias bem específicas, cada uma responsável por conservar a capital paulista de um jeito próprio. Que tal conhecer quem ajuda a manter a nossa cidade limpa?

Os primeiros na fila são os profissionais que limpam a sua rua, um contingente que cuida diretamente da limpeza e conservação das ruas, praças e logradouros de São Paulo. Reconhecidos por seu indefectível uniforme verde escuro e claro, esses profissionais estão por toda São Paulo cuidando para que nem uma só bituca de cigarro fique fora das lixeiras.



Na sequência vêm o destacamento do bueiristas, profissionais especializados em garantir que os bueiros das ruas de São Paulo estejam a postos para receber todo o fluxo pluvial que a cidade da garoa recebe tradicionalmente todos os anos. Os bueristas são profissionais que precisam contar ainda mais com a ajuda da população de São Paulo na conservação da limpeza: a dor de cabeça de lidar com um bueiro entupido não é das menores.

Junto a esses dois, temos os homens e mulheres responsáveis por manter as praças e estátuas de São Paulo impecáveis. Picharam uma estátua no centro da cidade? Eles são convocados. A grama do canteiro de uma praça na Zona Leste cresceu demais? Lá vão eles deixar tudo nos conformes.

A nós, que vivemos em São Paulo e usufruímos dessa cidade em plenitude, fica a reflexão: como não valorizar o trabalho de cada um destes 13 mil agentes ambientais?

Se cada um de nós fizer a sua parte e ajudar a manter São Paulo limpa, as horas que estes soldados passam nas ruas não terão sido em vão. Quer recompensa melhor?


*QUATRO DICAS PARA UMA CIDADE LIMPA

Para manter a cidade limpa, basta não sujá-la”. A convocatória direta e provocativa da campanha Eu Limpo São Paulo é também a mensagem que queremos passar para todos os paulistanos – nós inclusos, claro.

Mas de que maneiras podemos contribuir para que a quantidade de lixo produzida em São Paulo caia? Afinal, nossas ações diárias passam, além da educação – que nos diz para não jogar lixo nas ruas -, também pela conscientização e mudança de comportamento. Eis duas oportunidades de se tornar um cidadão mais engajado em fazer de São Paulo uma cidade melhor.

A primeira das nossas dicas é diminuir o consumo individual. Esta pequena mudança de attitude proporciona não só uma economia pessoal, como também oferece uma reflexão sobre o seu consumo. Ao invés de simplesmente comprar mais produtos, avalie se há real necessidade deles. Uma coisa é fazer o supermercado ou a feira do mês, outra é consumir por si só. Não haveria nada de errado com esse consumo se ele não se transformasse em tanto lixo.

Esta calculadora vai te ajudar a descobrir quanto lixo você produz diariamente.

Nossa segunda dica parece deslocada, mas na verdade vai fazer um bem danado para você: passe a cozinhar em casa. Comprar produtos industrializados aumenta a quantidade de embalagens descartadas e, consequentemente, a quantidade de lixo produzida. Fora que não tem nada como uma comidinha caseira, hein?

Outra atitude que você pode tomar – e nossa terceira dica – é antes de jogar alguma coisa fora, refletir se ela não poderia ser usada para outro fim. Uma mesa que ia para o lixo pode virar um aparador, um sofá que para você é velho pode ser doado para outra família, e até seus mapas antigos podem virar peça de decoração facinho – essa última dica nós já até demos no nosso Twitter. Se não rolar de fazer nada com as coisas que você planeja jogar no lixo, mas estas são recicláveis, procure um PEV – lixeiras de grande porte distribuídas por São Paulo e prontas para receber lixo reciclável produzidos pelos paulistanos – próximo da sua casa e descarte seu lixo lá. Ele será recolhido, selecionado e reciclado.


Por fim, nossa quarta dica é uma variação da compartilhada acima, mas que representa uma ajuda e tanto no dia a dia dos 11 milhões de paulistanos. Cinquenta e seis Ecopontos – espaços criados pela prefeitura de São Paulo para receber lixo não domiciliar, com funcionários treinados e prontos para auxiliar nesse descarte – estão espalhados pela cidade, de norte a sul, leste a oeste, prontos para receber até 1m³ de lixo de cada cidadão de São Paulo – gratuitamente. Trocou as portas de casa? Não deixe na rua, leve para um Ecoponto. Vai jogar um sofá fora? Leve para o Ecoponto. Fez reforma na sua casa e não conseguiu contratar uma caçamba registrada e legal? Leve seu entulho para o Ecoponto mais próximo da sua casa. O site da Prefeitura de São Paulo oferece uma lista de endereços online, consulte sempre que precisar.


A iniciativa é tão certeira que desde 2010, a quantidade de lixo recolhida nestes pontos têm dobrado e em 2012, até maio, já foi recolhido 61% da quantidade de lixo de 2011 inteiro!


Bem, apresentamos aqui um pequeno guia de ações que podem diminuir consideravelmente a quantidade de lixo produzida diariamente. Caso vocês conheçam e pratiquem outras, por favor, mandem pra gente. Será um prazer divulgá-las.

   
*EU LIMPO,VOCÊ LIMPA,SÃO PAULO FICA LIMPA


 A campanha Eu Limpo São Paulo está na primeira de muitas semanas. Tem gente curiosa, gente empolgada e alguns meio confusos. Porque afinal, o que podemos fazer para ter São Paulo limpa?


Um dos princípios da nossa campanha é que limpar é não sujar. Você não precisa pegar a vassoura e ir para as ruas se começar pelo começo: ajudando a manter a cidade sempre limpa.


Há várias maneiras de fazer isso, e aos poucos a gente vai mostrar por aqui. Jogar o lixo nas lixeiras, fiscalizar as empresas que cuidam da limpeza da cidade, se aproximar e conhecer o trabalho de garis, bueiristas e outros profissionais, cobrar do fornecedor de caçambas que ele leve o lixo para lugares autorizados, se informar no site da prefeitura, conferir se a barraca de pastel está deixando tudo organizado no final da feira. É uma série de pequenas ações que a gente tem que fazer hoje e todo dia.


Aqui no blog, no Twitter e no Facebook vamos ajudar a espalhar essa ideia para todos os moradores. E você pode fazer a sua parte, não só mantendo a cidade limpa, mas pesquisando, cobrando, disseminando. Conhece alguém que joga o lixo pela janela do carro ou acha que uma bituca de cigarro não vai fazer diferença? Mostre a nossa campanha e ensine que São Paulo é feita de onze milhões de pessoas como ele, e que cada pequena iniciativa tem a possibilidade de transformar a cidade em um mundo muito melhor.

    
*TECNOLOGIA PARA LIMPAR SÃO PAULO


O lançamento da campanha Eu Limpo SP foi só o início da movimentação que a causa pretende despertar. Para ter os 11 milhões de paulistanos como agentes transformadores da realidade da limpeza urbana da nossa cidade, algumas novidades estão sendo preparadas e aqui você já conhece um pouquinho delas.


Junto com o exército de milhões de cidadãos convocados em cada bairro, rua e casa paulistana, mais de 13 mil profissionais de limpeza já estão nas ruas com a missão de deixar tudo limpo e bem cuidado. Os resultados das ações destes já podem ser vistas nas guias, calçadas, praças, ruas e bueiros de São Paulo, basta olhar ao seu redor e perceber.



Essa olhadela no seu entorno também vai trazer uma outra novidade: todos os profissionais de limpeza urbana ganharam novos uniformes, com novas cores. A mudança vai ajudar na identificação das funções de cada um deles, além de aproximar a população dos profissionais que cuidam da conservação da sua rua e bairro.


Aliado a esse contingente profissional, 150 mil novas lixeiras serão instaladas em todos os bairros de SP até o fim de 2012. Também em nova cor [mudando do sóbrio chumbo para o chamativo verde], as novas lixeiras ganharam uma placa de alumínio para incentivar os fumantes a apagar ali seus cigarros e a jogá-los sempre no lixo.


A Eu Limpo São Paulo traz também um maquinário renovado para potencializar ainda mais a limpeza urbana de São Paulo: novos equipamentos, mais modernos e eficientes, estão começando a fazer parte da paisagem da cidade, principalmente em áreas de grande fluxo de pessoas.


Outras novidades ainda estão sendo preparadas, e com a ajuda dos 11 milhões de “eus”, limpar São Paulo vai ficar mais e mais fácil. Quer participar das nossas ações? Acompanhe as novidades e dê sua colaboração na nossa fanpage https://www.facebook.com/EuLimpoSP e no nosso perfil do Twitter https://twitter.com/#!/eulimpoSP

FONTE http://eulimposp.com.br/




ESTE BLOG APOIA ESTA INICIATIVA ,NA DIVULGAÇÃO ,PARA PRESERVAÇÃO DE UM MEIO AMBIENTE MAIS SAUDÁVEL................FAÇA SUA PARTE !!!!!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...